Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Capitulo 2 {Moving On}

por sacha hart, em 20.09.13

Kathryn


Como já seria de esperar, Deena ficara eufórica quando lhe dissera que mudara de ideias e ia ao reencontro do liceu com ela.

- Tal como nos velhos tempos, vamos fazer presença da melhor maneira. – Exclamava ela, claramente entusiasmada. – Já escolheste o que vais levar? O dresscode é formal. Já viste bem isto? Formal!

 - Hum, ainda não tinha reparado que havia um dresscode. Muito menos formal.

- Desde quando é que nós cá em Madison gostamos do formal? Ainda para mais para um reencontro com os amigos… Pff…

 Deena andava de um lado para o outro na sua cozinha. Estava sempre tão atarefada mas nunca me deixava ajudá-la. Enquanto estava de olho na tarte que fazia, arranjou tempo para ir buscar um catálogo grosso que causou um estrondo ao cair na bancada.

- O que é isto, Dee? Precisas de ajuda a escolher um vestido? – Brinquei. Ela nunca precisava da minha ajuda para isso.

- Claro que não. Abre na página setenta e sete.

Entretanto entrou na cozinha uma rapariguinha loira, com a expressão sonolenta mais fofa que eu alguma vez vira. Sorriu-me de imediato. - Kat!

Abracei Caitlin, a minha amada afilhada. Ela depressa arranjou maneira de se pôr no meu colo e fitou interessadamente o catálogo. Com os seus tenros três anos, Caitlin já era como a mãe e partilhava o mesmo gosto por vestidos que Dee tinha.

Com a ajuda da pequena abri na página setenta e sete. Lá estavam dois vestidos deslumbrantes, num estilo clássico mas elegante. Não pude evitar sorrir, adorando um dos vestidos em particular.

- Bem sabia que ias gostar! – Guinchou a minha melhor amiga num tom triunfante. – Nunca me engano. É o vestido que vais levar à Reunião.

Olhei para ela com um ar de “nem penses”. - Estás a delirar, Dee. Não vou comprar vestido nenhum, muito menos um de catálogo – respondi de imediato. O vestido era lindo mas não era para mim. Não ia apaparicar-me toda para uma noite como esta, nem para nenhuma.

- Não precisas de o comprar. Eu já o fiz por ti – Abri a boca em protesto mas ela cortou-me – Sei que se não o fizesse ias levar umas calças e uma blusa qualquer. Nem tentes negá-lo – Como sempre, ela estava certa. Damn, conhecia-me demasiado bem.

- Vais parecer uma princesa, Kathy. Como eu.  – comentou Caitlin, apontando para o vestido.

Suspirei, resignada. Mais uma vez, Deena ia levar a dela avante. E que mais podia eu fazer? Estava apaixonada pela fotografia do vestido, apesar de não me imaginar com ele. O único problema era aquele vestido lembrar-me tanto a noite do baile de finalistas… Meu deus, porquê que não tirava aquela noite dos meus pensamentos?

- Princesa, que achas que de ires ajudar o pai na sala? Eu e a Kat vamos fazer coisas aborrecidas de meninas grandes. – Dee aproximou-se da filha e beijou-lhe a face. A pequena saltou do meu colo e saiu da cozinha.

A única coisa que fiz foi baixar o olhar e mordiscar o lábio. Estava cansada, nervosa e ansiosa por tantas coisas.

Sem dizer nada, Dee pousou a sua mão nas minhas costas. Depois abraçou-me. Ficámos agarradas umas à outra durante minutos. Ela era a única pessoa a entender o porquê de todo este meu medo irreflectido em ir àquela reunião.

- Vou estar lá para ti a noite toda, Kat. Em memória do Ben, vais divertir-te, sim? Nada de lamentações. É tudo passado.

- Eu sei Dee. – Tentei não me ir abaixo naquele momento. – Tenho apenas esta insegurança ridícula. Um pressentimento estranho.

- Estás demasiado nervosa por causa de uma só noite. Anda comigo, vou mostrar-te o vestido. A ver se acalmas.

Olhei para ela e, como em todas as vezes, ela brindou-me com um sorriso simpático. Era por isto e por tantas outras coisas que eu adorava a minha melhor amiga.

 

 


- Junho, sê bom para mim.

Fechei os olhos e desejei que as minhas inseguranças desaparecessem com um simples estalar de dedos. Era a primeira noite de Junho. Dali a meia hora já estaria a caminho da Secundária de Madison.

Fitei-me uma vez mais ao espelho. Sentia-me deslumbrante no vestido cor-de-rosa que me assentava perfeitamente. A maquilhagem suave partilhava o mesmo estilo clássico. Contudo não fui capaz de entrelaçar o cabelo, como Dee sugerira. Preferira deixá-lo solto, caído pelas costas no ondulado rebelde que caracterizava as pontas do meu cabelo.

A última vez que me sentira bonita desta forma fora há dezasseis anos atrás enquanto me preparava para o baile de finalistas, a melhor noite da minha vida. Na altura era apenas uma jovem apaixonada e romântica, ansiosa para impressionar o único rapaz que existia no meu mundo.

E agora, tantos anos depois, ainda tremia ao recordar aquela noite. Era irónico, no mínimo.

O som irritante de uma buzina despertou-me dos pensamentos. O casal Bourdon esperava-me. Só tive tempo de agarrar no batom e retocar os lábios uma vez mais antes que Deena buzinasse mais uma vez.

Seja o que o destino quiser, foi o meu último pensamento antes de sair de casa. 

 

O próximo capitulo será melhor, prometo!
E sairá já na terça-feira.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Sacha Hart
PerfilBlogTumblr


2 Online
of

3177 Visits




9 comentários

De marie-claire a 20.09.2013 às 21:47

A filha da Dee é linda! O vestido é tão lindo!
Adorei mais uma vez este capítulo!
Beijinhos e bom fim-de-semana *

Comentar post