Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Capitulo 5 {In My Dreams}

por sacha hart, em 18.04.14

Haveria coisas pior que o karma?

Shannon pensou nisso quando, ao abrir a porta do seu quarto de hotel, se deparou com a elegante figura de Annalyne. A morena estava sentada em cima da cama com uma roupa bastante sugestiva e um sorriso malicioso que se desmanchou ao dar-se conta da outra presença feminina.

- Quem é ela?! – Exigiu saber, levantando-se. As roupas transparentes dela ondularam.

- Isso pergunto eu! – Retorquiu Emry, olhando para Shannon.

Annalyne não lhe deu tempo para responder.

- Sou a namorada dele. Ou melhor, ex-namorada agora – Sorriu cinicamente – Mas que palhaçada é esta, Shannon? Primeiro não me avisas que vens a Nova Iorque, não atendes as minhas chamadas e é assim que descubro que estás enrolado com outra!

A compostura da morena era firme e composta, um pouco fria. No fundo, Annalyne sentia-se magoada, ainda que pouco surpreendida.

Já Emry estava a rever a felicidade que sentira há um minuto atras. Desmoronou-se por completo. Virou-se para Shannon com um ar nada satisfeito.

- Isto é verdade?

- Não… Sim… Mais ou menos. É uma confusão. Deixa-me explicar, Em!

- Não há nenhuma confusão. Ainda namoravas com ela ontem há noite?

Annalyne interviu – A mim não me chegou nenhuma separação aos ouvidos. E sou eu que estou a acabar contigo, Shannon, agora.

A loira mordeu o lábio para conter as lágrimas que se formavam nos olhos. Ele mentira-lhe. Ele usara-a. Como o odiava neste momento.

- Seu filho da..!

Quase em lágrimas, correu para fora do quarto, correu pelo corredor. Quanto mais longe dali, melhor.

Shannon foi atrás dela. Não podia deixar as coisas assim, especialmente quando a queria genuinamente. Tudo isto com Annalyne era um mau momento.

- Em, espera!

Ela já estava no elevador e clicava insistentemente para o fechar. Ele tentou parar mas não foi a tempo.

- Nunca mais me procures, idiota. Espero que estejas feliz por mais um caso de uma noite.

As portas fecharam-se e com elas a imagem de Emry. Ele ainda conseguira ver as lágrimas brotarem e caírem pela face dela. Os olhos magoados e vítreos, espelhados de dor.

 

Cabisbaixo, Shannon voltou para o quarto. Anna ainda lá estava só que vestida com algo mais tapado e citadino. Estava a acabar de arranjar o cabelo, vendo-se ao espelho. Estava pronta para sair.

- Esta brincadeira era desnecessária.

- Não era brincadeira nenhuma, Annalyne. Não devias estar aqui caramba!

O baterista foi servir-se com o copo de whisky. Estava a ferver de raiva neste momento.

- Vinha fazer-te uma surpresa. Acabei eu por ser surpreendida. Enfim, de qualquer das maneira não és homem para mim, Shannon Leto.

Nem ele era homem para ela, mas sim homem para Emry.

- Não estejas tão zangado. Quem o devia estar era eu. Ainda por cima trocares-me por uma rapariguita como aquela? Pfff.

- Não fales assim dela! – Ameaçou – Já sabias que isto entre nós não era nada de especial. Nem devias cá estar, meter-te no meu quarto desta maneira.

A morena encaminhou-se para a porta. Um Shannon mal-humorado não era algo que quisesse aturar. A sua situação já era má o suficiente. Que iam dizer os media sobre isto?

- Como queiras, Shan. É bem feita que agora acabes sozinho. Tchauzinho.

 

Ele não tinha o número de Emry. Nem sabia onde ela morava. A única informação que tinha era o local onde ela trabalhava. Ligara para lá mas não lhe quiseram dar o número de Em. Tudo isto fazia-o desesperar pois já se tinham passado cinco horas desde o desentendimento, cinco horas desde que a perdera. Não se inteirava de tal coisa.

- Tens de me contar o que se passa, Shannon. Há duas horas que não paras de beber café e whisky, isso faz-te mal. – Suspirou – É por causa daquela rapariga com quem ias sair ontem?

O seu irmão era demasiado perspicaz, percebeu Shannon.

- É.

- E então? Não acredito que tenha corrido mal.

- Correu tudo da melhor maneira possível até está tarde quando ela se deparou com uma Annalyne semi nua no meu quarto.

Jared esteve quase para perguntar o que fazia Shannon com a mulher que engatara até à tarde. Não fosse o tom abatido teria-o feito, pois Shannon nunca fora o tipo de homem que mantesse a amante até ao dia seguinte... A não ser que a mulher fosse especial.

- Porquê que não falas com ela?

- Ela estava em lagrimas e tornou bem claro que não queria voltar a falar comigo.

- Isso alguma vez te impediu antes?

Jared tinha razão. Ele não era de desistir. E raios, queria Emry da maneira que nunca quisera alguém. Tinha de a encontrar.

- Vemo-nos mais logo! - Agarrando rápido o seu casaco, quase correu dali para fora, deixando o irmão mais novo perplexo.

 

Durante os seguintes dias que ficara em Nova Iorque, o baterista não parou de procurar por Emry. Através do FACEBOOK e de algumas pessoas conseguira por fim encontrar a morada da mulher loira. Estava agora à frente da sua porta.

Já era a quinta vez que tocava à campainha sem sucesso.

- Emry, estás aí?  - Tentou mais uma vez - Por favor, abre a porta. Emry, fala comigo.

- Ela não está em casa nem vai estar nos próximos dias.

Uma mulher morena de nuances loiras espreitou pelas escadas. Shannon reconhecia-a vagamente. Era a amiga de Emry. A mulher desceu as escadas até ele.

- A Emry está de férias.

- Há alguma forma de poder falar com ela?

Ainda antes de a mulher falar, já Shannon entendia que ia receber um não como resposta. A situação estava mesmo lixada para o seu lado.

- Como melhor amiga dela, digo-te que não o faças. Ela não me contou pormenores mas a Em é uma mulher que já passou por muito devido aos homens e tu... Bom, ela parecia gostar mesmo de ti.

E eu dela! Suspirou e saiu dali. Entendia as entrelinhas. Estragara tudo com uma mulher fantástica, uma mulher que o fizera querer mais do que uma noite entre lençóis.

Frustrado, seguiu a pé de volta ao hotel. Ia deixar de pensar em Emry. Tentara. E também esperava o quê? Apaixonar-se por ela? A sua vida estava bem sem esse tipo de sentimentos.

Mal sabia ele que apaixonado já estava.

 

 

E com este capitulo dá-se o fim da primeira parte!

Já só há mais três capitulos da fanfic!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:47

Sacha Hart
PerfilBlogTumblr


2 Online
of

3177 Visits




8 comentários

De twilight_pr a 18.04.2014 às 15:10

ijgkdhgxngkxcgnvmlksdcjnhdg
AMEI!
Já disse, tadinha e tadinho!
Primeiro vou-me à outra, eu devia matar-lhe ><
Segundo, ELE ESTÁ APAIXONADO! \O/
Amei amei e amei quero mais :)

De lostdreams a 18.04.2014 às 15:31

aiii estou a gostar tanto e tanto! adorei o capítulo mas estou triste porque agora eles ficaram mal :c
espero que tudo se resolva
não queria nada que só faltassem 3 capítulos o: estou a gostar tanto que só quero ler mais e mais!
beijinhos

De Sara a 18.04.2014 às 19:14

adorei! só há mais três?
mal posso esperar pelo próximo :)

De • Smartie a 18.04.2014 às 22:43

A outra idiota tinha mesmo de aparecer, argh ~~ Agora ele estragou tudo com a Emry, bolas pa :c Espero que as coisas se resolvam rapidamente, mesmo :33
Mais! :)
Beijinhos*

De liz collingwood a 19.04.2014 às 02:20

oooh estava a ser perfeito demais, demais!

De NOVO BLOG acupoftea.blogs.sapo.pt a 19.04.2014 às 14:51

omg omg omg omg omg omg omg
posta mais imediatamente! por favor! isto prende qualquer pessoa!!! QUERO MAIS PLEASEEEEEEEEEEEEEE

De francis marie a 19.04.2014 às 15:09

pronto, tinha de vir uma vaca estragar tudo, não é?
espero que ele consiga resolver as coisas!
despacha-te a por o próximo que eu fiquei muito curiosa!

De Yria Rivers a 23.04.2014 às 18:43

só agora é que vi que tinhas postado --'
omg coitadinha da emry eu fazia o mesmo -.-, mas aquilo também não era nada sério para a outra dizer que era namorada dele -.- estou revoltada, é bom que posts rápido e os ponhas velhinhos e felizes para sempre!! ahahahah

Comentar post