Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Capitulo 2 {In My Dreams}

por sacha hart, em 28.03.14

Emry caminhava cansada e sonolenta com os phones nos ouvidos. A noite tinha sido comprida no seu turno do Friday’s. Estava alheia a tudo, só queria chegar a casa e adormecer – era sempre bom, especialmente agora que tinha sonhos maravilhosos com um homem espantoso.

Estava descansada até alguém a agarrar por trás. O medo percorreu-a primeiro, pensando nos assaltos que ocorriam em Nova Iorque. Depois veio a descarga de adrenalina que a fez virar-se e mover o punho numa táctica que aprendera com o pai, um polícia da cidade.

- Hey, tem calma – Ele bloqueou-lhe o punho, agarrando-o a tempo de ser atingido.

A mulher olhou surpreendida para o homem que tinha à sua frente. Não esperara reencontrá-lo, nunca mais o vira pelo pub. Calculara que fosse um turista.

Aqui estava ele, duas semanas depois. Era um bocadinho assustador, especialmente porque ele estava com um ar de rastos. Mesmo assim um calor espalhou-se pelo seu corpo. Ele era tão bonito, tão bem constituído, tão hombre. «E só por acaso não sai da minha cama em sonhos.» Sim, definitivamente este reencontro era estranho.

As faces dela ganharam uma tonalidade vermelha ao rever momentos desses sonhos. Shannon também se relembrou dos dele. O efeito dos olhos dela postos nos seus era ainda mais forte aqui.

- Podes largar a minha mão, por favor?

Ele nem se apercebera que ainda a agarrava. Não lhe queria soltar a mão mas sim puxá-la para si e dar fim ao seu tormento, finalmente saber como seria beijá-la. Soltou-a.

- Obrigada.

- Conhecemo-nos no outro dia.

- Eu sei… Não me estás a seguir, pois não?

Ele sorriu, divertido. Abanou a cabeça, negando a suposição dela. Emry adorou a forma do sorriso dele.

- Eu passei pelo Friday’s mas estava fechado. Perdi-me nas horas. Até que te vi na rua e … isto pode soar um pouco estranho e despropositado mas quis falar contigo. 

- Tens razão, soa estranho e despropositado – Riu-se – Queres falar comigo sobre alguma coisa?

- Uh… - Shannon nem pensara nisso. Simplesmente saíra do carro e dirigira-se a ela. – Eu vou estar num concerto amanhã, achas que podes vir?

Sem pensar duas vezes, Shannon tirou os únicos dois bilhetes VIP que tinha no bolso e estendeu-lhos.

- Podes vir com alguém, com o teu namorado… - Engoliu a seco.

- Não tenho namorado – Respondeu ela de imediato, rectificando o erro – És músico? – Sorriu. Emry gostava de música.

Pois. Ela não sabia quem ele era. Como é que se explicava que era um baterista mundialmente conhecido? O facto de ela não saber quem ele era fora o que lhe chamara mais atenção na noite em que se tinham conhecido.

- Sim, baterista para dizer a verdade. E nada me faria mais contente do que ires amanhã, veres-me actuar. Vais?

Emry ponderou no assunto. Afinal de contas ele era praticamente um estranho que muito assustadoramente a encontrara na rua às duas da manhã e lhe dava agora um convite? Devia recusar mas foi incapaz.

- Claro, há de ser divertido.

Shannon sorriu, parecendo surpreendido.

- Vemo-nos lá. – Olhou para ela – Queres boleia para casa? – Talvez isto já fosse passar das marcas.

- Eu vivo aqui perto, não é preciso.

A desculpa nem era essa. Pensou como seria tê-lo à porta de sua casa. Convidá-lo-ia a entrar e então como seria vê-lo na sua sala, onde em sonhos fantasiara ter sexo com ele? Era um loucura o que estava a acontecer.

- Ah… então até amanhã?

- Até amanha.

Seguiu-se um momento de silêncio constrangedor quando ambos não sabiam bem como se despedirem. Acabaram por dar um passo para trás, em diferentes direcções.

- Adeus. – Disse o baterista, tomando a iniciativa de voltar para o carro.

- Espera! Ainda não sei o teu nome.

Ele voltou a olhar para ela – É Shannon.

- Obrigada pelo convite, Shannon – Disse, com um sorriso – Eu sou a Emry.

Sem dizerem mais nada – mas realmente com muitas coisas para dizer – seguiram ambos os seus caminhos na nocturna Nova Iorque.

 

 

Na manhã seguinte, Emry ainda se remexia na cama depois dos sonhos que a tinham assolado durante a noite. Não dormira quase nada. Decidiu levantar-se e ir tomar um duche, era disso que precisava.

Pelo caminho olhou para os convites pousados em cima da mesa. Era verdade, então. O encontro com Shannon não fora fruto da sua imaginação. A ideia deixava-a com borboletas no estômago.

Mordeu o lábio, pensando que tudo isto era inesperado e louco. Como podia ter-se esbarrado na rua com um homem desconhecido, mas que permanecia nos seus sonhos há já duas semanas? Era para lá de concebível e mesmo assim, verdade.

- Então, de que me querias falar?

- Disto. - Emry pegou nos dois convites e estendeu-os à melhor amiga, Hayley. – Preciso de companhia. Queres vir?

- Meu deus, Emry, onde é que os arranjaste?

Hayley estava extasiada só de ver as letras VIP estampadas no papel. Ficou ainda mais ansiosa quando viu as bandas que iam actuar no evento.

- Uma pessoa ofereceu-mos.

- Uma pessoa, han?

- Bom, um dos músicos que vai actuar…

- Oh Meu Deus, não me digas que andas enrolada com um música e ainda não me tinhas dito nada! Conta-me tudo, já!

- Não é nada disso – Rectificou-se logo – Só falei com ele duas vezes e ontem ofereceu-me estes dois bilhetes. Não o conheço de lado nenhum mas é simpático e pareceu-me boa pessoa.

- Para te dar estes bilhetes, claro que é boa pessoa. Conta-me quem é.

- Já percebi que estás entusiasmada. Vens?

- Claro que sim!

Hayley nem notou que Emry se esquivara à resposta. Embrenharam-se as duas em conversa e em planos para a noite. Emry nem uma vez mencionou o nome de Shannon. Tinha o pressentimento que devia guardar o anseio de o ver para mais logo…

 

Jared percebeu que alguma coisa se passava com o irmão. Shannon estava à sua frente, com um copo de café na mão e havia um brilho no olhar do irmão que se notava à distância.

- Quem é que te meteu esse sorriso chapado na cara?

O mais velho distraiu-se dos seus pensamentos quando Jared falou. Pensava em Emry. Tê-la visto uma vez mais deixara-o sem dúvidas: ele tinha de tê-la, aquela maravilhosa mulher loira e olhos doces tinha de ser sua. Trataria disso naquela mesma noite.

- Foi uma mulher – Jared adivinhou, rindo-se – Podias ter dito mais cedo quando saíste da discoteca.

 - Não é nada do que estás a pensar.

- Então é o quê?

- É uma mulher, sim. Mas ainda por conquistar.

- Pensava que estavas com a Anna.

Shannon lançou um olhar ao irmão. Se havia coisa que ambos sabiam era que Shannon não era um homem para relações, especialmente com alguém como Annalyne.

- Convidei-a para aparecer logo à noite no concerto. Se ela aparecer, melhor. Ela, hum…

- Ela?

Jared não precisava de saber mais nada. Conhecia bastante bem o irmão mais velho, eram melhores amigos e tinham crescido juntos. Sabia reconhecer aquilo que Shannon queria ainda antes de este o saber. Calculava que desta vez o irmão estava muito interessado, caso contrário nem sequer pensava no assunto com antecedência.

- Ela não sabe quem eu sou. Pelo menos não me reconhece, nem à banda.

- Ora aí está algo que não se encontra todos os dias.

- Exatamente. Ela é diferente. Não sei bem porquê mas…

- Whoa, não me digas que estás apaixonado!

- Não sejas idiota, Jared.

Só imaginar tal coisa dava vontade de rir. Shannon apaixonado? Pois sim, claro. Mesmo assim admitiu para si próprio que queria Emry de uma maneira especial, como nunca quisera alguém antes. Caramba, há duas semanas que a queria de uma forma muito especifica. Ansiava beijá-la, quase o fizera na noite anterior.

- Não estou. Tem cuidado irmãozinho, podes acreditar ou não, mas há mulheres que têm a capacidade de roubar o nosso coração.

Rindo, Jared saiu da mesa, deixando o irmão pensativo na mesa de hotel.

 

- Não me digas que vais assim vestida sem querer impressionar alguém.

A mulher olhou-se ao espelho mais uma vez devido ao comentário da amiga. Usava um vestido justo preto bastante simples. Os sapatos de salto alto vermelhos combinavam com a pochete. Emry nunca tinha estado numa zona VIP mas julgava estar à altura, especialmente com os acessórios brilhantes e maquilhagem que escolhera.

- Podes parar com isso Hayley? Não quero impressionar ninguém – Mentiu. Pensou de imediato em Shannon – Que género de mulher achas que sou?

- Uma mulher linda e sensual que deve, de certeza, engatar o homem que te convidou para este evento. Que mal tem isso?

- O mal é que não estou interessada nele, nem em nada. Se o vir vou agradecer-lhe pelos bilhetes, mais nada.

Hayley riu-se, fazendo já planos para não a deixar fazer simplesmente aquilo.

- Responde-me a uma pergunta: o homem é idoso?

- Não.

- É feio como tudo?

- É precisamente o contrário.

- Raios, eu sabia! Só pode ser um bonzão. E tu, minha amiga, não te vais armar em santa e desperdiçares esta bela oportunidade. Ele convidou-te, ou seja, quer ver-te novamente. Está interessado!

Emry ia começar a ripostar mas Hayley cortou-lhe a vez. Pegaram nos casacos e na chave do carro. Desceram as escadas sempre com Hayley a apontar os inúmeros pontos intitulados «Porquê que tens de seduzir esse homem.»

- E último mas não menos importante…

- O quê?

- Porque gostas dele. Percebe-se quando estás a pensar nele. Agora vamos, não queremos chegar atrasadas!

Emry nem sequer teve tempo de refutar aquela hipótese absurda. Hayley já a estava a enfiar no carro. 

 

 

Antes de mais, muito obrigada pelos comentários no primeiro capitulo. As vossas reacções deixaram-me muito feliz!

Em relação a este capitulo... Veio mais cedo do que o esperado, porque amanhã não vou andar por aqui e achei que mereciam um capitulo atempadado! Creio que já estavam à espera do que aconteceu neste capitulo, não é? O próximo tem mais acção, prometo.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:02

Sacha Hart
PerfilBlogTumblr


2 Online
of

3177 Visits




11 comentários

De lostdreams a 28.03.2014 às 20:46

ainda bem que postaste hoje ahah
gostei muito muito do capítulo e do encontro deles, tão queridos *-* estou super ansiosa de ler agora a parte do concerto :) quero ver mais coisas entre eles!
e tu escreves mesmo muito bem (não me lembro se tinha dito isto no comentário do capítulo anterior, se calhar sim ahah), mas escreves mesmo bem e isso cativa-me ainda mais a ler. adoro mesmo
beijinhos

De francis marie a 28.03.2014 às 21:56

Afinal não era ele o único com aquele tipo de sonhos kkk
Adorei, está lindo, quer mesmo ver como é que vai correr este 3º "encontro" entre eles! *-*

De Ynis a 28.03.2014 às 22:19

cheio de erros, mas estou sem paciencia e cansada de mais para apontá-los.
gostei do capítulo. o jared tem razão no que diz, eu sou a mulher que o fez virar 360º muahahahahah..
mas achei estúpido, mais depressa o shannon me dava os bilhetes, que a ela, unf..

De twilight_pr a 28.03.2014 às 22:34

Estou ansiosa para saber mais! Não é todos os dias que eu vejo uma rapariga sem conhecer o lindo do Shannon xP
Beijinhos!

De • Smartie a 29.03.2014 às 01:28

Tão fofos *-* Estou muito curiosa para saber como vai correr o próximo reencontro deles :D
Mais, mais ^-^
Beijinhos*

De Mystic a 29.03.2014 às 11:26

"- Responde-me a uma pergunta: o homem é idoso?
- Não.
- É feio como tudo?
- É precisamente o contrário.
- Raios, eu sabia! Só pode ser um bonzão. E tu, minha amiga, não te vais armar em santa e desperdiçares esta bela oportunidade. Ele convidou-te, ou seja, quer ver-te novamente. Está interessado!"
AHAHAHAHAHAH CHOREI A RIR! Adoro o sentido de humor da Hayley ahah, é mesmo engraçada ela! E sei que ela é uma otima amiga e vai ajudar a Emry a ter coragem, e a fazer o correto, que significa: conquistar e deixar-se ser conquistada pelo Shannon *_*
estou ansiosa por ver mais, quando ela vir a dimensão de fãs que a banda tem uiui ahahah xD

adorei querida *

De Pipa a 29.03.2014 às 14:29

OMG ela não conhecia o Shannon?! Meu Deus!
Quero saber mais o que vai acontecer no concerto?!

De marie-claire a 29.03.2014 às 17:42

Adorei o reencontro! E agora estou ansiosa para saber o que vai acontecer no concerto. :)
Beijinhos *

De Yria Rivers a 30.03.2014 às 14:26

eu adoro a maneira como escreves, é tão mas tão fixe e sexy, acho que já disse isso no comentário que fiz ao primeiro capitulo
adorei também o capitulo,quero mais ^^ e se só postares depois de quinta não vou conseguir ver porque vou de viagem :c
beijinhos

De NOVO BLOG acupoftea.blogs.sapo.pt a 31.03.2014 às 20:49

AQUI TOU EUUUUUUUUUUUUUU!
OMFG, estou ansiosa! Quero que postes mais. Já. Imediatamente. Pode ser? Espero que sim!!!!

Comentar post


Pág. 1/2