Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Capitulo 21 - Último {Moving On}

por sacha hart, em 27.11.13

Chegou finalmente o último! *

 

O The Green Luck estava lotado numa noite de sexta-feira. Encontrava-se repleto de pessoas, desde os mais novos aos mais velhos. Os habitantes de Madison e amigos de Kathryn tinham vindo para a última despedida da morena.

Se havia sitio onde fazia sentido fazer a festa de despedida, era ali.

Deena abraçou a melhor amiga, mal contendo as lágrimas. Já sentia o amargo sabor das saudades e Kat ainda nem partira. – Estás a deixar-me piegas, não é justo – Queixou-se, sorrindo.

- Se chorares eu choro também. – Declarou a morena, beijando a face de Dee – Não quero nada de choros nesta despedida. Porque, de qualquer das maneiras, isto não significa que vamos deixar de nos ver ou falar.

- Tu mudares para o outro lado do oceano muda um bocadinho as coisas – comentou – Ainda bem que existe o Skype. De outra forma ia morrer de saudades.

- Prometo que vou manter-te informada. Não ia conseguir manter-me sem comunicar contigo. Quem é que me iria manter informada do gossip mais recente da cidade? Só tu – brincou Kathryn, esboçando um enorme sorriso para a melhor amiga.

O resto da noite passou tão rápido que Kathryn nem deu pelas horas. Estava tão embrenhada em aproveitar os últimos momentos na sua cidade que se esquecera que tinha um voo à uma da manhã.

Despedir-se dos amigos foi difícil. Especialmente dos Bourdon, que eram como família para ela. Ia sentir imensas saudades da pequena Caitlin, do protector que era o Joe e da sua melhor amiga Dee.

- Chegou a hora – disse, ainda a abraçar Deena. Era ela quem a tinha levado ao aeroporto e agora já não havia mais minutos para gastar.

- Faz-me o favor de ser feliz, sim? Estou à espera disso.

- Também eu, querida amiga. Também eu.

Depois de um último abraço, Kathryn dirigiu-se finalmente para a sua respectiva fila no aeroporto. Estava tudo encaminhado, dali a minutos já não estaria na sua cidade, nem em solo americano mas sim a voar rumo a um novo continente.

A morena virou-se para trás um momento antes de entrar no avião. Estava a deixar para trás toda a sua vida para começar uma nova, noutro sítio bem diferente daquele onde tinha crescido e vivido. Não tinha dúvidas daquilo que estava a fazer. Sim, custava-lhe deixar a América para trás mas ficar sem Ben era mil vezes pior – e era algo que ela não estava disposta a perder.

Vinte e uma horas depois, Kathryn estava quase a cair para o lado. Finalmente chegara a Sydney, Austrália. O seu corpo dizia-lhe que era de noite e implorava por uma cama e contudo o sol brilhava na Austrália, sendo apenas 14h da tarde.

Mesmo assim a vontade de ver Ben era maior. Já não o via ou falava com ele há mais e um mês, desde que ele se fora embora. Lamentava ter perdido tanto tempo a resolver a sua vida em Madison e a escolher vir para a Austrália. Agora que finalmente estava ali, esperava que não fosse tarde de mais.

Entrou no primeiro táxi que viu e indicou a morada – St. Clarke Street. – A ansiedade surgiu à medida que a viagem prosseguia. Kathryn aproveitou para se distrair com um pequeno espelho e suavizar um pouco o seu ar de quem passara as últimas horas no avião.

Quinze minutos mais tarde a morena chegou à destinação. O coração batia tao depressa que ela teve de parar por uns minutos. À sua frente havia um edifício preto marcado por letras douradas. “MCS Recording Studio”. Pelos status no Facebook de Liam sabia que estavam os dois ali.

Kathryn respirou fundo e finalmente entrou no edifício.

Ben Lawrence revia os últimos versos que tinha gravado. Liam estava a misturá-los com o instrumental que criara e o produto final estava cada vez mais próximo, uma música brutal que, se tudo corresse bem, poderiam integrar num futuro álbum.

- Ben? Está aqui alguém para ver-te – Disse um dos estagiários, sem revelar mais nada. 

Os olhares dos dois amigos cruzaram-se. – Não estou à espera de ninguém.

- Vai ver o que é na mesma. Eu vou só dar os últimos retoques à música, não precisas de estar aqui – disse Liam, praticamente enxotando o melhor amigo da sala de gravação. 

Ben saiu então e percorreu o corredor à procura de quem quer que fosse. E então viu-a. Ali estava ela, a olhar para ele com um enorme sorriso nos lábios. Ele apressou o passo e rodeou-a com os braços, apertando-a bem. Era real, Kathryn estava ali.

Ela não o deixou afastar-se, adorando estar novamente ali com ele. Sentira tanto a falta dos abraços dele. Sem conseguir esperar mais, emoldurou-lhe o rosto com as mãos e juntou os seus lábios aos dele.

Ainda demoraram algum tempo assim.

- Vieste… - acabou por ele por murmurar.

- Vim… percebi que havia algo que precisava dizer-te. – Kathryn mirou os olhos dele, perdendo-se com a felicidade que estes irradiavam - Eu amo-te Ben e não posso viver sem ti.

Ele sorriu e beijou-a mais uma vez. Era tudo aquilo que precisava de ouvir da parte dela. Procurou a mão dela e entrelaçou-a com a sua mão. Juntos para sempre, mimou as palavras para ela. Juntos para sempre, repetiu ela.

- Ela fez isso tudo? – Questionou Ben, ainda em choque e ao mesmo tempo com uma raiva contida.

Estavam os dois na casa dele, aninhados no sofá. Kathryn acabara-lhe de contar as façanhas de Ellie. Ainda lhe custava acreditar no que a irmã lhe fizera. Agora custava muito menos pois sabia que estava com Ben, protegida e segura nos seus lábios e não ia deixar que mais nada se intrometesse entre eles. 

- Não importa mais agora. – Afirmou a morena, olhando para o infinito azul acinzentado das iris dele. – Só preciso de ti para ser feliz.

- Eu digo o mesmo, Kath.

Ben inclinou os seus lábios sobre os da amada. Era um beijo ternurento e cuidadoso, mas cheio de paixão. As mãos dele deslizaram pelo corpo da morena, tanto com o intuito de a reconfortar como de amá-la depois de quatro semanas afastados.

Kathryn retribuiu o toque, deliciada com as sensações que ele lhe transmitia. Foi ela quem tomou a iniciativa ao tirar-lhe a camisola. Tudo o resto de seguiu até ambos se encontrarem sem nada.

Ele pegou nela ao colo e levou-a para a cama. Era tão bom tê-la ali, na sua casa. Melhor ainda na sua cama, onde tantas vezes a imaginara. Agora ia por fim tê-la e amá-la por completo.

- Ben… - murmurou ela, desejando-o como nunca desejara ninguém.

Recomeçou por beijá-la. Então quando a embalou nos seus braços deslizou para dentro dela. O gemido de boas-vindas que ela exalou era doce e sedoso. Ele posicionou-se sobre ela para lhe dar mais. O ritmo era tão lento e suave mas ao mesmo tempo enlouquecedor.

Quando o orgasmo a inundou, suave e prolongadamente, Kathryn sabia no seu íntimo que nunca se sentiria tão feliz e completa com outra pessoa. Ben era o seu tal, sempre fora. A peça indispensável no jogo que era a sua vida.

Por nada deste mundo voltaria a perdê-lo. Finalmente seguira em frente depois de dezasseis anos perdida. “Juntos para sempre”. 


* E isto é o fim de Moving On.

Ou não. Ainda há o Epílogo, que estou a pensar postar sábado ou segunda feira.

Still, este é o destino final das personagens. O que é que têm a dizer com o fim da história da Kat e do Ben?

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:34

Sacha Hart
PerfilBlogTumblr


2 Online
of

3177 Visits




7 comentários

De Ynis a 27.11.2013 às 20:02

o teu word continua a coisar BEM e_e
tu sabes o que eu penso da fic.. tá normalzinha, nada de mais.. e sabes também, que curto de tragédias e podias ter prolongado certas partes, repetido mais vezes o sexo e a porrada devia ter sido mesmo para arrancar dentes e olhos da gaja que já me esqueci o nome.. u_u

De V. a 27.11.2013 às 22:24

Olá, querida.
Não acredito que acabou. Adorei, querida. E espero mesmo que continues a escrever. :)

De • Smartie a 27.11.2013 às 23:36

Aww, tão fofinhos *-* Adorei a fic e o final, querida :') Ainda bem que a Kat foi ter com o Ben e que eles ficaram juntos e felizes :D
Fico à espera do epílogo! ^^
Beijinhos*

De Silver Sky a 28.11.2013 às 11:20

gostei :)

De Jessica Matthews a 28.11.2013 às 12:11

oh não acredito que acabou!
fico tão feliz pela Kath ter ido ter com o Ben e agora estão bem e felizes!
mal posso esperar pelo Epílogo :)

De twilight_pr a 28.11.2013 às 22:27

Ah adorei!
Foi tão giro! Eu fico de olho na Dee, :)
Opah eu adorei, vou ter saudades deles *-*

De liz collingwood a 01.12.2013 às 12:38

oh acho que vou chorar, foi mesmo lindoooo *-*
estás de parabéns, e já sabes do que penso da fic, adoro-a!

Comentar post