Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Capitulo 12 {Moving On}

por sacha hart, em 25.10.13

Na manhã seguinte, Kathryn e Ben acordaram lado a lado. Não conseguiram conter o sorriso ou manter os lábios afastados por muito tempo. Ainda permaneceram na cama algum tempo, até ouvirem o bater da porta.

- Ben, seu preguiçoso, levanta já esse rabo americano e vem até à cozinha. – Quando as batidas na porta cessaram, sabiam que Liam já se afastara e tinham a certeza que não se apercebera da presença feminina naquela casa.

- Acho que é altura de te apresentar o meu melhor amigo… Não fiques admirada com nada do que ele diz. É aquele humor australiano que nunca consegue estar parado.

Kathryn riu-se enquanto ambos saíam da cama. Sem outra alternativa, vestiu a mesma roupa que trouxera na noite anterior. Contudo custou-lhe dar de volta a Ben a camisola que este lhe emprestara para dormir. Tinha o cheiro dele, fragância tão tipicamente masculina.

- Não me digas que te afeiçoaste à minha t-shirt? Preferia que te afeiçoasses a mim – gozou o loiro.

- Se me afeiçoasse mais a ti, ainda me prendiam num manicómio, querido – Disse ela em resposta, com o seu humor leviano. Era estranho, pensou ela, e ao mesmo tempo aliviante que estivessem os dois tão confortáveis um com o outro, mesmo depois da conversa da noite passada. Parecia como nos bons velhos tempos.

- Se é assim, então podes ficar com a t-shirt.  Pensa em mim enquanto dormes. Terás sonhos cor-de-rosa.

Mal ele sabia que isso já acontecia, com ou sem t-shirt. Ela sonhava sempre com ele. Sem mais conversa fiada, desceram os dois até à cozinha onde um australiano atarefado remexia no computador enquanto, ao mesmo tempo, tentava controlar a máquina das waffles. 

- Hey Liam.

O homem ergueu o olhar e ficou de imediato surpreendido com a presença feminina.

- Não me avisaste que tínhamos visitas, Ben. Especialmente visitas tão deslumbrantes – Isso fez a morena rir. Liam distanciou-se do computador e estendeu a mão. Quando Kathryn fez o mesmo, este apanhou-a desprevenida e acabou por pousar um beijo na sua mão.  – Sou o Liam, caso o loirinho se tenha esquecido de me apresentar.

- Esse pormenor ele não se esqueceu de me contar. E agora parece-me que estás a precisar de ajuda com aqueles waffles. O cheiro a queimado nunca é muito apetecível.

Liam olhou para a máquina que já estava a deitar fumo – Hollycrap! – Apesar da tentativa, não conseguiu salvar o pequeno-almoço.

- Não te disse também que o Liam é péssimo na cozinha, Kath? Por este andar, nunca mais tomamos o pequeno almoço.

- Estás a dar uma má visão minha à tua rapariga, seu macaco americano.

No meio daquela situação, tudo o que Kath conseguiu fazer foi rir. – Deixem-me ajudar. Tenho alguns dotes culinários, pelo menos no que diz respeito a waffles.

Um quarto de hora depois, após o esforço reunido dos três, o pequeno-almoço ficou pronto. Juntamente com o café com natas, Kathryn sentiu que aquilo, apesar de não ser a sua habitual manhã de domingo, era uma excelente fuga à rotina.

- Podiam ter-me dito que estavam os dois no quarto. Ter-vos-ia deixados sozinhos… para fazerem aquilo que bem queriam fazer - Liam não escondeu a implícita insinuação no seu tom de voz, provocando um rubor avermelhado nas faces da morena.  – Mas ainda bem que desceram para o pequeno-almoço. Foi um prazer conhecer-te, Kathryn. O meu loirinho tem sorte em ter-te, porém vais ter de te contentar em seres a segunda. Ele vai sempre amar-me mais.

Depois de ter passado a última hora à conversa com Ben e Liam, habituara-se ao humor do australiano. Conseguia perceber porquê que ele era o melhor amigo dele. Conseguira reconhecer alguns pontos essenciais, tal como ela tinha com Deena. 

- O meu harém tem espaço para os dois, não se preocupem – brincou Ben, agarrando-a pela cintura. Acabaram por ficar os dois sozinhos no alpendre, Liam sabia quando se afastar e despedir. – Tens mesmo que ir?

A morena assentiu – Sim, mas podemos encontrarmo-nos mais logo. Um passeio por Clifty Falls State Park, o que achas?

- Lá estarei.

Apesar de não ser uma despedida permanente, estavam ambos com dificuldade em afastarem-se. Beijaram-se uma vez mais e resolveram os detalhes para mais logo. Com um sorriso tolo e apaixonado, lá se conseguiram despedir e seguir caminho.


Kathryn


Não sabia o que pensar das últimas vinte e quatro horas da minha vida. Ainda não dera espaço ou tempo para reflectir. Simplesmente queria aproveitar a felicidade que sentia e deixá-la durar e durar e durar.

- Um amigo, Kat? Vai brincar comigo? – Perguntou a pequena Caitlin a caminho do parque. Segurava firmemente a mão da madrinha, entusiasmada com o passeio.

- Vais ter de lhe pedir isso. Mas acho que sim, ele pode brincar contigo – respondi divertida. Afinal de contas, quem é que conseguia dizer não àquela rapariguinha?

Avistei Ben rapidamente. Ele era fácil de distinguir, com aquele loiro acobreado e porte musculado. À sua maneira, ele sempre fora diferente dos rapazes de Madison. E isso ajudara-o a conquistar o meu coração.

- Ben! – Chamei, aproximando-me dele.

 Ele sorriu-me e depois avistou a mais pequena, sorrindo-lhe também. Caitlin, com a sua típica atitude espontânea e direta (herdada da mãe), deu um passo em frente, curiosa.

- Olá, eu sou a princesa Caitlin. A Kathy disse-me que és o príncipe dela.

- Ai disse? – Ben olhou para mim com um ar divertido. – Talvez seja. Pareço-te um príncipe?

- Shim! E muito bonito.

- Só para que conste, eu não disse nada disso. – Murmurei secretamente a Ben – Mas ela apanha essas coisas tão facilmente. Sai à mãe.

- Eu posso ser o teu príncipe, Kat.

Antes que pudesse dizer mais alguma coisa, Caitlin intrometeu-se e bombardeou Ben com pedidos. Como eu previra, ele não conseguia recusar. Seguimos o resto da tarde assim. Eu observava o jeitinho com que ele brincava com a pequena e só conseguia sorrir. Ele tinha, definitivamente, a aprovação da minha afilhada.

- Vou deixar que a felicidade dure…. Depois resolvo a realidade – murmurei para mim mesma.

Não sabia no que ia dar entre mim e Ben, se ia durar ou não. Mas ele fazia-me desejar que isto resultasse. Queria-o tanto

Autoria e outros dados (tags, etc)

Sacha Hart
PerfilBlogTumblr


2 Online
of

3177 Visits




7 comentários

De twilight_pr a 25.10.2013 às 19:50

Omg eu adorei adorei adorei!
Não consigo dizer mais nada!
OMG adorei adorei adorei!
Eu adoro o tu escreves!
Beijinhos ^^

De Jessica Matthews a 25.10.2013 às 20:12

aiiiiiiiiiii gostei tanto! eles são tão fofos e o Liam é tão engraçado! acho que, tal como o Ben tem a aprovação da Caitlin, a Kat também tem a aprovação do Liam. gostei tanto, a sério que sim, estou ansiosa por mais e mal posso esperar!

De • Smartie a 25.10.2013 às 20:47

Awww, gostei tanto deste capítulo *-* Gosto mesmo de os ver assim felizes, ficam tão queridos juntos :3 O Liam é demais, ahahah xD E a Caitlin é uma fofinha ^-^
Quero mesmo saber no que isto vai dar, posta mais por favor! :)
Beijinhos*

De marie-claire a 25.10.2013 às 21:37

Adorei adorei adorei! Peço desculpa por não ter comentado o capítulo anterior mas só hoje consegui ler. E assim fiz um comentário pelos dois capítulos! Adorei a revelação da Kat e da forma carinhosa de ser do Ben!
Beijinhos *

De Silver Sky a 26.10.2013 às 00:38

gostei muito...ainda bem que kat ta fliz .)e ela e oben se entenderam :)

De liz collingwood a 26.10.2013 às 18:31

um capitulo fofo! para compensar aqueles em que a Kat e o Liam estavam afastados ;)

De eme a 26.10.2013 às 22:39

tal como eu já sabia, adoro o liam. fofo. (é este o meu adjetivo preferido)
quero tanto que a kat e o ben fiquem juntos, tipo.. para sempre!
adorei, as always! :)))

Comentar post